Publicado em Livros, Reflexões

Analfabetismo Bíblico

Figuras de linguagem na bíblia

Ensinar as pessoas a ler e escrever era um hábito desenvolvido pelo povo de Deus desde os tempos do Antigo Testamento. Era importante que qualquer pessoa aprendesse a ler e escrever para conhecer os ensinamentos de Deus. No Antigo Testamento, o povo de Israel desenvolveu um sistema de ensino onde as sinagogas desempenhavam papel preponderante nessa tarefa. Durante a semana, funcionavam como escolas e, no sábado, tornavam-se local de culto.

No Novo Testamento, esse costume teve continuidade. Os cristãos alfabetizavam as pessoas porque julgavam importante todos terem conhecimento bíblico. Isso se tornou tão importante que, dessas escolas, séculos mais tarde, surgiram as primeiras universidades.

Se olharmos a divulgação da Bíblia em nosso País, podemos dizer que, como livro, a Bíblia é um livro muito conhecido. O número de Bíblias distribuídas a cada ano alcança a casa dos milhões. No entanto, daí a dizer que nosso País tem abundância de conhecimento bíblico há uma grande distância. De certa forma podemos dizer que, mesmo com a grande distribuição da Bíblia, vivemos tempos de analfabetismo bíblico.

O que pode ser feito para modificar essa situação? A função de uma Sociedade Bíblica não é apenas traduzir e publicar o texto bíblico. Quando igrejas e cristãos se reuniram para fundar a Sociedade Bíblica do Brasil, entre as tarefas que viam pertinentes ao seu trabalho estava a de tornar a Bíblia o livro do Brasil. Isso significa que o analfabetismo bíblico não deveria estar presente em solo nacional.

Para alcançar esse objetivo, não basta para a Sociedade Bíblica traduzir e publicar o Livro Sagrado. É preciso também incentivar a leitura bíblica nas pessoas, o uso da Bíblia nas igrejas e organizações cristãs, bem como fazer a divulgação e defesa da Bíblia perante a opinião pública. Para uma tarefa tão grande, evidentemente a Sociedade Bíblica precisa do apoio constante e da participação de todos.

O texto acima faz parte do editorial da revista A Bíblia no Brasil, publicação oficial da Sociedade Bíblica do Brasil, edição n. 226 – janeiro a março de 2010. Do editor-chefe Erní Walter Seibert.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s