Publicado em Livros, Perguntas e Respostas, Pesquisas, Reflexões

Gênesis e História: Quanto Vale o que Está Escrito! parte IV

Quão antigo é o  livro de Gênesis? Desde a parte II desta série, Dave Hawkins analisa o livro Ancient Records and the Structure of Gênesis, de P. J. Wiseman (Registros Antigos e a Estrutura do Gênesis. Nashville: Thomas Nelson, Inc., 1985), que defende a historicidade do livro bíblico das origens. Segundo o autor, o livro de Gênesis apresenta uma estrutura que aponta para um método de compilação (não confundir, porém, com a ideia de hipótese documental, cujas inconsistências e arbitrariedades serão consideradas em outra postagem).  A base para o entendimento desse método está no exame das frases “Estas são as gerações de…”, recorrentes no livro, e de como eram usadas em escritos antigos, conforme explicado na parte III desta série.

Continuando com a análise do livro de Wiseman, Dave apresenta uma análise resumida do capítulo 6, intitulado “The Great Age of the Book” (A Grande Idade do Livro):

 
Nesse capítulo, Wiseman lista as evidências de que Gênesis foi compilado na forma atual (excluindo a divisão em capítulos e versículos) por Moisés e que os documentos a partir dos quais ele compilou foram escritos muito antes. As várias linhas de evidência podem ser resumidas da seguinte forma:
 
1) A presença de palavras da Babilônia nos primeiros 11 capítulos.
 
Wiseman observa que os primeiros capítulos de Gênesis contêm palavras babilônicas. Ele diz que é impossível sugerir que estas palavras foram inseridas nestes capítulos em particular após o segundo contato dos hebreus com Babilônia nos dias de Daniel ou Esdras. Até mesmo os estudiosos mais críticos admitem que estes registros foram escritos antes dessa época.
 
2) A presença de palavras egípcias nos últimos 14 capítulos.
 
Wiseman aponta para o conhecimento detalhado do autor sobre  a vida egípcia, como “…porque os egípcios não podiam comer com os hebreus, porquanto é isso abominação aos egípcios.”  Gên. 43:32 Ele dá outros exemplos também. Wiseman afirma que tal declaração nunca teria sido escrita em um tempo posterior ao de Moisés.
 
3) Referência a cidades que ou tinham deixado de existir ou cujos nomes originais eram já tão antigos no tempo de Moisés que, como compilador do livro, ele teve de inserir os novos nomes, para que estes pudessem ser identificados pelos hebreus que viviam em seu tempo.
 
Wiseman dá exemplos de Gênesis 14: “Belá (esta é Zoar)”, nos versos 2 e 8, “Vale de Sidim (que é o Mar Salgado)”, versículo 3, “En-Mispate (que é Cades)”, versículo 7,  “Hobá (que é de Damasco)”, verso 15, e “Vale de Savé (que é o vale do rei)”, versículo 17.
 
4) As narrativas revelam tanta familiaridade com as circunstâncias e os detalhes dos eventos registrados, que indicam que elas foram escritas por pessoas envolvidas com esses eventos.
 
Wiseman dá um exemplo da atitude de Sara com sua serva Hagar em relação ao nascimento de Ismael. O procedimento seguido tanto por Abraão e Sara foi precisamente o que era previsto na lei então em vigência,  o Código de Hamurabi. Na época mosaica outra lei muito diferente foi ordenada em Deuteronômio.
 
5) Evidências de que as narrativas foram originalmente escritas em tabletes e em escrita antiga.
 
Na próxima postagem desta série, Dave Hawkins elabora uma lista resumida de 24 evidências, a partir do que Wiseman escreve,  em defesa da ideia de que Gênesis foi escrito em tabletes, em escrita antiga, por patriarcas que — nas seções que são pertinentes a cada um — estavam intimamente relacionados com os eventos registrados, sendo Moisés o compilador e editor do livro.
 
 
Veja a Parte V

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s