Publicado em Perguntas e Respostas, Reflexões

Por Que os Livros da Bíblia não Estão na Ordem Cronológica?

Você já deve ter notado que os livros da Bíblia nem sempre seguem uma ordem cronológica. Salmos e Provérbios, por exemplo, vêm depois de Neemias e Ester. Mas grande parte do conteúdo de Salmos e Provérbios foi escrito antes de Neemias e Ester. Quando vamos ao Novo Testamento, vemos que 1 Tessalonicenses foi um dos primeiros livros escritos, mas ele aparece depois de João, um dos últimos livros a ser escrito. Os exemplos poderiam se multiplicar.

Como o leitor da Bíblia lida com esse arranjo potencialmente confuso de livros? Em primeiro lugar, não entre em pânico. Em grande parte, a Bíblia está organizada cronologicamente. A leitura do Antigo Testamento na ordem direta, de Gênesis a Neemias, fornece um registro geral cronológico da história da humanidade desde a criação até o retorno do exílio judaico.

Em segundo lugar, os desvios da sequência cronológica muitas vezes são óbvios até mesmo para leitores iniciantes da Bíblia. O livro de II Reis, por exemplo, termina com uma descrição da deportação do povo judeu para Babilônia, e a parte narrativa do livro seguinte, I Crônicas, começa com a história do rei Saul [o primeiro rei de Israel]. A maioria dos leitores vai facilmente reconhecer isso como uma volta no tempo. E, no Novo Testamento, apesar de cada um dos evangelhos de Marcos, Lucas e João [que vêm depois do evangelho de Mateus] recomeçar a narrativa a partir do início da vida e ministério de Jesus, isso também não gera confusão.

Mas se a ordem dos livros ainda lhe parecer confusa, tenha em mente a razão por que a nossa Bíblia está organizada dessa maneira: a ordem dos livros do Antigo Testamento em nossa Bíblia é baseada na ordem da Septuaginta, a tradução grega das Escrituras Hebraicas. Essa tradução divide os livros em três seções com base no estilo literário. Em primeiro lugar, aparecem os livros narrativos (de Gênesis a Ester), depois, os livros de sabedoria (de Jó até Cantares de Salomão) e, por último, os livros dos profetas (de Isaías até Malaquias). Da mesma maneira, o Novo Testamento é organizado em três seções, com os livros ordenados de acordo também com seu estilo literário. Em primeiro lugar, vêm os livros narrativos (de Mateus até  Atos), depois, as epístolas (ou cartas aos primeiros cristãos) e, por fim, o Apocalipse (um livro de gênero apocalíptico e diferente de todos os outros do Novo Testamento).

Lembre-se de que os escritos sagrados de outras religiões mundiais não se apresentam também na ordem cronológica. O Alcorão é dividido em 114 capítulos (ou suras), os maiores geralmente aparecendo primeiro. Da mesma forma, a escritura sagrada budista, o Sutra Pitaka, abre com três seções de ensinos atribuídos a Buda e seus discípulos, organizados por tamanho. Além do mais, o próprio povo judeu organizou suas Escrituras de uma maneira parcialmente não cronológica durante séculos antes de o Cristianismo entrar em cena.

Como os adeptos de variadas religiões têm reconhecido, uma ordem cronológica rigorosa nem sempre é a melhor maneira de transmitir princípios teológicos. As Escrituras hebraicas, por exemplo, colocam o livro de Rute imediatamente após o livro de Provérbios, sugerindo que Ruth incorpora os princípios da feminilidade piedosa descrita no capítulo final de Provérbios [“Mulher virtuosa, quem a achará?” Prov. 31:10].

Então, ao perceber que os livros da Bíblia parecem estar fora de ordem, anime-se. O que parece intrigante tem uma boa explicação. Corretamente entendida, essa questão pode ajudá-lo a conhecer a Deus e Sua Palavra mais plenamente.

Fonte: David Roach (Biblemesh)

5 comentários em “Por Que os Livros da Bíblia não Estão na Ordem Cronológica?

  1. gostei muita da sua explicaçao, aprendir um pouco mais.

    01/04/2014

  2. Compreendo a sua colocação, no entanto, para historiadores é necessário seguir o cronograma da história, pois existe uma redundância constante. Por este motivo, tenho uma exigência em conter em mãos uma bíblia ou um livro que me informe com precisão essa correlação.
    Mas, entendo a sua colocação e entendimento…

  3. Elias,
    Como afirmado na postagem, há bastante ordem cronológica na Bíblia (apenas uma leitura de Gênesis a Esdras já cobre um período de quase 3.500 anos mais ou menos em sequência). Nas escrituras como um todo, há, obviamente, alguma superposição de registros, o que é normal quando se trata de história, e de testemunhos múltiplos da jornada do povo de Israel e do cristianismo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s